DEVOLUTIVA CINECULT: MOSTRA NÃO TEMER!

Nos dias 22, 25 e 26 de maio, foi exibido o CineCult Mostra Não Temer! na Universidade Federal do Pampa/Jaguarão. Seguem abaixo as devolutivas:

 ELES NÃO USAM BLACK-TIE

 O filme brasileiro Eles não usam black-tie (1981) do diretor Leon Hirszman abriu no dia 22 de maio de 2017 o CineCult Mostra Não Temer! organizada pela PET – Produção e Politica Cultural, com a proposta de promover diálogos e debates sobre direitos e vida dos trabalhadores e trabalhadoras.

O filme baseado na peça de mesmo nome foi exibido às 19 horas e 30 minutos no gramado frontal da UNIPAMPA/Jaguarão. A exibição contou com um publico de discentes e docentes dos diversos cursos do campus.

Ao final do filme os presentes participaram do debate com as Técnicas Administrativas Cristiane Ricordi e Tônia Ribeiro e com o discente Allan Cereda. As debatedoras e o debatedor trouxeram, a partir do filme, um diálogo com os tempos atuais sobre a vida dos trabalhadores e trabalhadoras, a criminalização e repressão de movimentos grevistas, condições precárias de trabalho e vida, e a resistência dos trabalhadores e trabalhadoras.

 

BESOURO

No dia 25 de maio de 2017 às 19h30min aconteceu o cinecult mostra não temer com a exibição do filme besouro. O filme aborda questões pós abolição da escravatura, marginalização do povo negro, criminalização da capoeira e as divindades de matriz afro. A mostra contou com um relato da atriz Jéssica Barbosa sobre aspectos referentes ao filme e a posição do negro no cenário audiovisual. Além disto, as debatedoras Gabriela Aveiro e Raicilane Santana trouxeram alguns aspectos à luz da cena da produção e da política cultural, bem como pelo viés da militância negra.

 

EU, DANIEL BLAKE
A exibição do filme “Eu, Daniel Blake”, na última sexta-feira, 26 de maio, encerrou o CineCult: Mostra Não Temer, organizada pelo PET – Produção e Política Cultural, com o intuito de levantar e debater questões sobre o trabalhador e o mundo trabalho.
A exibição foi realizada no hall de entrada da Universidade Federal do Pampa, campus Jaguarão e contou com a presença da discente e bolsista PET-PPC, Camilla Lourenço e dos professores Guinter Tlaija Leipnitz e Vera Guimarães como debatedores.
A partir do filme, foram discutidos variados temas: direitos trabalhistas, o papel do estado, exclusão digital e informacional, o cinema como ferramenta de protesto, a solidariedade humana, entre outros.
Diante das destruições dos direitos trabalhistas ocasionadas pelo atual governo brasileiro, esse longa nos mostra que o descaso com o trabalhador é um problema em esfera mundial e que o caso brasileiro é apenas um reflexo de uma exploração histórica da classe trabalhadora, como bem foi levantado pelos debatedores.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s